Eu não sou machista, y que

A campanha tem mais de um ano, mas apareceu hoje no Vi o Mundo e achei que seria bom compartilhar. É muito comum as pessoas negarem a existência do machismo, achando algo irrelevante, uma loucura de feministas radicais, mas acontece que os índices de violência no Brasil (e no mundo) contra mulheres e homossexuais mostra uma realidade diferente: só no Brasil, uma em cada cinco mulheres já apanhou de um homem e por ano o número de mulheres que são espancadas é de 2,1 milhões, o que dá uma a cada 15 segundos. Para ter uma ideia melhor da situação, vale muito a pena ler esta pesquisa realizada pela Fundação Perseu Abramo em 2010.

Não consegui muitas informações sobre a campanha do Equador, Reacciona Equador (Reage Equador), que coloco abaixo, mas apoio a iniciativa.

Continuar lendo

Desvaneios de uma foca no email da redação

São incríveis as coisas que você recebe no email de sugestões de pauta de uma redação. Vem de tudo: boletins de faculdades, associações, grupos organizados, ministérios, agendas (para fazer justiça, esses são geralmente assinados). Mas depois deles começam as coisas um pouco mais engraçadas: sugestões de assessoria que as vezes não tem nada a ver com o que você faz; emails independentes contanto histórias de diversos tipos, emails com links para vírus. E não posso esquecer dos emails repetidos, aqueles que aparecem duas, três, oito vezes seguidas na caixa de entrada. Puxa, quase esqueci daqueles emails que te ajudam a emagrecer em dois meses! Muito importantes esses.

Hoje mesmo havia um email em inglês de um cara pendido a “minha” ajuda para recuperar a herança que um um tio dele deixou ao morrer e ainda “prometia” me dar 40% do valor. Simpático ele, não? Um outro rapaz, muito solicito, enviou fotos do carnaval do ano passado, que passamos “juntos”(?). Tudo isso no email da empresa, que também recebeu um convite para participar do Facebook.

E depois de tantos emails perdidos, mensagens que param na caixa de entrada erradas, fotos, pedidos e boletins, quando toda a esperança parece perdida, surge um email com apenas uma frase do Dalai Lama, para refletirmos sobre o nosso dia. Então tá.

Uma Esperança para 2012

Acho que já está mais do que na hora de eu fazer meu primeiro post de 2012. Não vou fazer nada desses de retrospectiva ou do que eu desejo pra essa ano porque me dá uma baita duma preguiça, principalmente agora que eu voltei da praia e ainda estou tentando voltar ao ritmo diário de quem voltou de viagem.

De qualquer forma, vamos começar o post do ano que, como disse uma grande amiga minha, é o ano do Hobbit, já que vamos passar o ano inteiro esperando pelo lançamento da primeira parte do filme. Então, para comemorar este ano e como grande fã de Tolkien, vou indicar aqui um filme que assistir este mês e achei fenomenal e ambientado na Terra Média (e não estou falando de Senhor dos Anéis!)

Continuar lendo

Prata, pão com atum e astrologia

Este texto foi escrito por mim e pela Alline Magalhães para uma das disciplinas da faculdade. Como gostei bastante dele, resolvi compartilhar aqui com vocês, com a permissão devida da outra autora.

 

São seis horas da manhã quando Terezinha sai de sua casa, em Boi Mirim, próximo ao Jardim Ângela, com algumas bolsas na mão. Ela está preparada para fazer uma viagem de aproximadamente duas horas e meia, de ônibus e metrô, até a avenida mais movimentada da cidade de São Paulo. Enquanto fala, sorri, mas apenas por costume, pois sabe que bom humor atrai boas energias. Contudo, nem por isso deixa de ser cautelosa: por medo de ser assaltada muda o trajeto a cada semana, descendo em pontos diferentes de ônibus, mudando o caminho, pegando o metrô… Tudo isso para proteger o material que carrega nas bolsas, que, segundo ela, atrai muitos olhares.

Continuar lendo

Ronronando

Segunda sessão do nosso Ronronando, em clima natalino!

Feliz Natal a todos!

Continuar lendo

Uma Jornada Inesperada

E finalmente saiu o tão esperado trailer de O Hobbit, mais novo filme do Peter Jackson, contando a história que antecede a trilogia de O Senhor dos Anéis.

Eu sou uma grande fã de Tolkien, adoro toda a Terra Média que ele criou, já li vários livros dele e não confiaria em outra pessoa além do Jackson para dirigir essas histórias. Estou contando os dias para a estreia do filme, que infelizmente só vai sair em dezembro do ano que vem. E isso a primeira parte, a segunda só vai sair depois do fim do mundo.

Agora aproveitem o trailer, que eu achei lindo, em fotografia e trilha sonora.

“I am Baggins of Bag End!”

 

Pense no Haiti

A Pública é uma “agência de jornalismo investigativo sem fins lucrativos”, como é explicado no seu site, que foi fundada em março desse ano e tem o objetivo de publicar matérias que são ignoradas pelas grandes mídias. As criadoras, Marina Amaral, Natalia Viana e Tatiana Merlino, são jornalistas independentes e mantêm parcerias com outras instituições, como o Wikileaks (aliás, a Natalia Viana, que eu tive a chance de conhecer, foi a responsável por organizar os telegramas referentes ao Brasil).

Hoje de manhã, foi publicado no site uma matéria sobre a ONU e sua relação com o Haiti mostrando o descontentamento dos haitianos com as forças armadas estrangeiras, a começar pelo caso de oito soldados brasileiros que teriam espancado alguns haitianos. Nesta matéria, Natalia conversa com dois jornalistas que tratam há tempos sobre o Haiti: Kim Ives, que cobre o país desde 1983 e é editor do jornal independente Haiti Liberté, e Dan Coughlin, colaborador do jornal americano The Nation.

“O clima é que os soldados da ONU não vêem os haitianos como humanos. É uma objetificação do inimigo, eles são os ‘outros’, são sub-humanos, são brinquedos, são animais” – Kim Ives

Continuar lendo

Ronronando

Às vezes eu fico sabendo de coisas muito legais durante a semana, mas não dá tempo de escrever sobre tudo no blog. Por isso resolvi criar esta sessão para colocar tudo aquilo que eu quero compartilhar, mas não tive tempo antes. Espero que vocês gostem!

Continuar lendo

Um Pouco de Gentileza

Encontrei hoje um vídeo ótimo no blog Casa da Gabi, sobre um grupo chamado Improv Everywhere, que organiza diversos tipos de intervenção em locais públicos, como fazer um musical numa praça de alimentação e pessoas brincando de estátua em Nova York (esses dois, alias, eu citei num post mais antigo do blog) e outras maluquices mais, como colocar vendedores falsos em uma loja só para causar confusão.

O vídeo chama “Say Something Nice”. A ideia não poderia ser mais simples: foi colocado um megafone no meio de Nova York com uma plaquinha embaixo que dizia “diga algo gentil”. E as pessoas toparam o desafio.

É bacana ver como as pessoas gostaram da ideia e uma ótima forma de melhorar o dia de qualquer um. E a melhor parte é, com certeza, o menininho gritando “ao infinito e além!”.

Os Inquietos || Dois de Nós

Não assisti a muitos filme do Gus van Sant. Na verdade, assisti apenas a Elefante e Milk e não tinha muita ideia do que esperar dos filmes dele. Acabei não lendo nenhuma critica sobre o filme antes de ir ao cinema e descobri o longa até meio por acaso, mas Inquietos me conquistou logo no trailer, num tom leve e romântico que leva a uma história surpreendente pela sua simplicidade e que mostra as habilidades de direção de van  Sant.